21 de novembro de 2013

Homer Heater, Jr - Uma teologia de Samuel e Reis: Cenário histórico de Samuel e Reis

A data inicial dos acontecimentos constantes em 1 e 2 Samuel é princípios
do século XI a.C. Naqueles tempos, os reinos hitita, mitaniano e babilônico esta-
vam em declínio ou completamente derrotados. Os arameus ou sírios começaram
a habitar a área norte em grandes números, mas só se consolidaram no tempo
de Davi. O “povo do mar” (do mar Egeu) invadira todo o oriente no século an-
terior. Os egípcios os derrotaram, mas a grande custo, pois eram fracos durante
a época dos Juízes. O povo do mar tornou-se os filisteus.  É possível que tenham
trazido consigo o segredo de fundir ferro, o qual mantiveram para si e pelo qual
dominaram os israelitas. Os israelitas e filisteus conquistaram os cananeus. Um

grupo de cananeus estavam sob o controle filisteu como previamente estivera sob
o controle egípcio. Alguns cananeus mudaram-se para Tiro e Sidom e tornaram-
se grandes povos marítimos, estabelecendo colônias no norte da África e no sul da
Espanha. Houve pequenos reinos na fronteira oriental chamados Amom, Moabe
e Edom. Havia confrontos ininterruptos entre eles e Israel.

Durante o tempo dos juízes, Israel estava lutando para consolidar o poder,
particularmente na região montanhosa central. O estado religioso, como um
todo, era péssimo. Ele adotara muitas práticas cananéias. Existia tensão cons-
tante entre as tribos que lutavam, por um lado, pela independência e, por outro,
pela unidade. No reinado de Davi e Salomão, Israel passou rapidamente para a
posição de nação mais poderosa na região do Oriente Médio.

ZUCK, Roy B. Teologia do Antigo Testamento : CPAD, 2009.