31 de março de 2012

Pela graça de Deus sou o que sou



Por Danilo Moraes
Versículo Chave: Salmos 90.12 “Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios”.

No último dia 30 de abril (2010) comemorei meu aniversário: 30 anos! Refletindo sobre a brevidade da vida e suas desventuras, deparei-me com a petição do salmista ao se dirigir a Deus em busca de um coração sábio. Para minha surpresa para que ele obtivesse sucesso era necessário aprender a contar os seus dias, isso mesmo, contar os dias! Veio-me a memória os últimos acontecimentos que se deram durante o ano que se passou.
Infelizmente não foram como gostaria que fossem. Por que teria Deus permitido que minha vida virasse de ponta cabeça, me perguntei. Seria para que eu pudesse olhar pra cima? Acredito que sim.
Como é confortante saber que tudo esta no controle dEle, convergindo  para o nosso bem (Rm 8.28). Começar a viver de forma tal que possa ser valorizado os dias passados não é tarefa fácil, temos a tendência de menosprezar os acontecimentos que nos sobre veem, tanto os bons como os ruins. Precisamos pedir a Deus que nos “ensine”.
O primeiro passo na escola de Deus para que alcancemos corações sábios é “humildade”. Como podemos reconhecer nossas falhas? Como admitir que magoamos a quem mais amamos? Como admitir que quebramos alianças diante de Deus e dos homens? Como admitir que tomamos decisões erradas e precipitadas? Somente com um coração contrito e humilde isso é possível.
Buscando compreender o momento presente concluo que: Não sou o que deveria ser, muito menos o que gostaria de ser, mas já não sou como era antes, e pela graça de Deus sou o que sou!
E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. (Rm 8.28).